A Envolvente da Casa

«Bem receber, para melhor estar, conhecer e conviver»

Construída pelos actuais proprietários entre os anos de 1996 e 1998, a “Casa da Ria” é uma habitação familiar perfeitamente inserida num lugar, Gafanha da Boavista (*), em que o tempo presente tende a projectar para o futuro a memória rural herdada do tempo passado.

Como complemento da sua função principal de habitação própria e permanente, afirma-se no contexto regional como pioneira num serviço de alojamento a turistas neste tipo de oferta em espaço rural da área geográfica do concelho de Ílhavo. Em harmonia com a disponibilidade de toda a envolvente do seu jardim exterior, dispõe de 3 quartos e uma ampla sala de convívio e pequenas refeições.

Projecto da autoria do Arq. Bernardo de Almada Pimentel, trata-se, nas palavras do seu autor, da recriação de “(…) uma tradicional casa rural de família (…)”, bem ao estilo de uma arquitectura tipicamente conservadora e bem portuguesa, com a presença de modestos elementos diferenciadores como a cozinha do forno, com lareira e forno de lenha, e o oratório no seu interior.

Na sala dos hóspedes uma muito peculiar decoração com uma colecção particular de miniaturas de modelos reduzidos da marca Land Rover e adereços diversos relacionados com esta mítica marca inglesa de veículos todo o terreno.

Ao longo dos seus 4 anos de actividade turística, tem sido distinguida pela plataforma internacional de reservas “Booking”, com o Prémio de "Excelência", com uma muito expressiva média de valorização de “9,7” em 10.

Uma relação de valor médio de avaliação por número de comentários expressos, que coloca a "Casa da Ria-Turismo Rural" como um dos melhores empreendimentos turísticos na região Centro de Portugal

(*) a Casa foi edificada numa parcela destacada para o efeito de um terreno rústico situado no lugar da Gafanha da Boavista, freguesia de S. Salvador do concelho de Ílhavo, distrito de Aveiro, mantido há seis gerações na posse da família da actual proprietária, admitindo-se como muito provável ter sido adquirido por compra de Domingos Pinto Basto (1814-1869), nono filho do fundador da Fábrica de Porcelana da Vista Alegre, José Ferreira Pinto Basto (1774-1839).

Os Proprietários

Casal com raízes muito bem estabelecidas na região, são os anfitriões que se apresentam para bem receber, esclarecer e partilhar conhecimentos, experiências e vivências culturais granjeadas na sua inserção regional. Um saber receber que no limite, porque assumido como intencional, permite aliar o conceito de Turismo em Espaço Rural, da casa de campo em que a “Casa da Ria” se insere, com o do conceito de Turismo de Habitação.

Maria Francisca de Almada de Azevedo Coutinho Magalhães Crespo, técnica de museologia, com um profundo conhecimento da porcelana e dos espaços museológicos da região, com especial destaque da Fábrica de Porcelana da Vista Alegre.

João Paulo Vidal de Vilhena Magalhães Crespo, engenheiro agrónomo, com uma forte ligação à região agrícola envolvente, assume-se como um defensor da importância das actividades agrícolas na gestão dos territórios … a importância da Agricultura na conservação e preservação do Ambiente.

Contactos

Telefone/fax: 234 327 268
Email: casadaria.tr@gmail.com

Licença número: 4158/TR

Sobre Nós

Como complemento da sua função principal de habitação própria e permanente, afirma-se no contexto regional como um serviço de alojamento a turistas, com o propósito de «Bem receber, para melhor estar, conhecer e conviver»

Por motivos de segurança e a pedido dos hóspedes, a abertura e fecho do portão de entrada na propriedade é da responsabilidade dos donos da Casa da Ria.

2018 Casa da Ria-Turismo Rural®. Todos os Direitos Reservados.

MENU